Lição de perserverança: os pássaros